RELIGIÕES E SEITAS

RELIGIÕES E SEITAS


Tabela de Religiões e Seitas comparadas — nº1
(Compilada pelo CPR - Centro de Pesquisas Religiosas)

Nome do grupo Fundador Mensagem Igreja Deus Jesus Salvação Ressurreição
de Jesus
Escrituras
Cristianismo Bíblico (Protestantismo) Jesus Cristo Jesus morreu para salvar pecadores Aqueles que são salvos Trindade
três pessoas em um Deus
Deus em carne. 2ª pessoa da Trindade Pela Graça,
através da Fé somente
Jesus elevou-se no mesmo corpo em que Ele morreu A Bíblia somente
(66 livros)
Catolicismo Romano Jesus, sobre a pedra que é Pedro (considerado como primeiro Papa) Sacramentos, caridade, culto a Maria e aos "Santos" Os membros da Igreja Católica Apostólica Romana Trindade
três pessoas em um Deus
Deus em carne. 2ª pessoa da Trindade Fora da Igreja Católica Apostólica Romana não há Salvação Sim A Bíblia (+ 7 livros apócrifos) + a Tradição (Dogmas)
Legião da Boa Vontade - LBV Alziro Zarur(04-03-1949) Assim como Jesus, todos poderão alcancar a perfeição após muitas reencarnações. Todos são cristãos independente da religião Impessoal Não é Deus nem teve corpo humano Através da caridade e reencarnações sucessivas Não Livros da LBV
Espiritismo Kardecista Dr. Hippolyte Léon Denizard Rivail, vulgo
Allan Kardec (1857)
Assim como Jesus, todos poderão alcancar a perfeição após muitas reencarnações. O Espiritismo é a Igreja restaurada e o Consolador prometido por Jesus Impessoal Não é Deus nem teve corpo humano Através da caridade e reencarnações sucessivas Não Livros de Allan Kardec e outros
Testemunhas
de Jeová
Charles Taze Russell
(1852-1916) Fundada em 1881
Jesus abriu a porta para conquistarmos nossa salvação 144.000 ungidos que irão para o céu Jeová, que é uma só Pessoa Não é Deus; é o Arcanjo Miguel, a primeira e única criatura de Jeová Obedecendo as ordens da Sociedade Torre de Vigia Não Bíblia deles (Tradução do Novo Mundo) + literaturas dos líderes
Maçonaria Anderson e Desagulliers
(Londres, 1717
Buscar o próprio aperfeiçoamento Impessoal como força superior Um grande mestre semelhante a Buda, Maomé, e etc. "Erguer templos à virtude e cavar masmorras aos vícios" Não Rituais e manuais secretos
Adventistas
do Sétimo Dia
Ellen Gould White
(1860)
Crer em Jesus e observar a Lei Somente os adventistas Trindade
três pessoas em um Deus
Deus em carne. 2ª pessoa da Trindade Guardando o sábado e os mandamentos Sim Bíblia e livros de Ellen White
Mormonismo Joseph Smith (1805-1844) fundado em 1830 Alcançar a divindade pelas ordenanças do evangelho mórmon Membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Tríade
3 deuses
Não é Deus. É irmão de Lúcifer e dos homens Salvação pelas boas obras da igreja mórmon Sim A Bíblia, Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios, Pérola de Grande Valor
Teosofia Madame Helena Blavatsky (1831-1891) fundada em 1875 Deus é um princípio Um grande Mestre Não A Doutrina Secreta, Isis sem Véu,
A Chave para a Teosofia e A Voz do Silêncio
Ciência Cristã Mary Baker Eddy (1821-1910 Crenças religiosas extraídas dos ensinos de Jesus. Rejeitam a expiação Uma coletânea de idéias espirituais Presença Impessoal Universal Um homem afinado com a consciência divina Pensamento
correto
Não Ciência e Saúde com Chave para as Escrituras, Miscelânea
Unitarismo Charles Filmore(1854-1948) fundado 1889 Os princípios gerais do Unitarismo Uma coleção de idéias espirituais Força Universal Impessoal Um homem, não o Cristo Adotando a correta Unidade através de principios Não Revista Unitarista, Dicionário Bíblico de Metafísica

® CPR - Centro de Pesquisas Religiosas – Direitos reservados — (Ao reproduzir, citar a fonte)

 

RELIGIÕES E SEITAS


Tabela de Religiões e Seitas comparadas — nº2
(Compilada pelo CPR - Centro de Pesquisas Religiosas)

Nome do grupo Fundador Mensagem Igreja Deus Jesus Salvação Ressurreição
de Jesus
Escrituras
Moonismo Sun Myung Moon(1920)   Igreja da Unificação Deus é tanto positivo como negativo. Não há Trindade. Deus precisa de Moon para fazê-lo feliz Jesus foi um homem perfeito, não Deus. Jesus falhou em sua missão. Moon vai completar sua obra Obediência e aceitação dos verdadeiros pais (Moon e sua
esposa)
Jesus não ressuscitou fisicamente Princípio divino por Sun Myung Moon, Esboço do Princípio, Nível 4 e a Bíblia
Cientologia Ron Hubbard(1954) Todos são "thetans", espíritos imortais com poderes ilimitados Rejeita o Deus revelado na Bíblia. Raramente mencionado. Jesus não morreu pelos pecados de ninguém Salvação é a libertação da reencarnação Dianética: A Ciência Moderna da Saúde Mental, e outros de Hubbard, e A Chave para a Felicidade
Meninos de Deus Daniel Brandt Berg (1968) Desistir de tudo para seguir a Jesus. Já usaram a prostituição para atrair novos adeptos Família do Amor Pai, Filho e Espírito Santo, mas não Trindade Foi uma criação de Deus. Cartas MO - cartas escritas por David "Moses" Berg. Mesmo nível de inspiração do Antigo e Novo Testamentos
Nova Era Todos são deuses e só precisam se conscientizar disso Deus é uma força impessoal ou princípio, não uma pessoa. Tudo e todos são Deus. Não é o verdadeiro Deus nem Salvador, mas um mestre elevado O mau carma tem que ser compensado com bom carma Jesus não ressuscitou fisicamente, mas subiu a um nível espiritual mais alto Escritos I Ching, hindus, budistas, taoístas, crenças americanas nativas e magia em geral
Hinduísmo O homem deve se conformar com sua condição para alcançar uma vida melhor na próxima encarnação O Absoluto. Um espírito universal (Brahman). Vários deuses são manifestações dele É um mestre ou avatar (uma encarnação de Vishnu). Sua morte não foi expiatória Libertação dos ciclos de reencaranção, e absorção em Brahman alcançadas através da Yoga e meditação. Vedas, Upanishads, Bhagavad Gita
Budismo Buda (Siddartha Gautama em 525 a.C.) O alvo da vida é o Nirvana para escapar do sofrimento Não existe. Buda é considerado por alguns como uma consciência universal iluminada O Nirvana (inexistência) que pode ser alcançado seguindo-se o Caminho das Oito Vias A Tripitaka (Três Cestos),que têm mais de100 volumes
Islamismo Maomé (610 d.C.) Só Allah é Deus e Maomé o seu profeta Alá, um juiz severo. Não é descrito como amoroso É um dentre mais de 124 mil profetas enviados por Deus a várias culturas. Não é Deus, não foi crucificado, voltará para viver e morrer O equilíbrio entre as boas e más obras determina o destino eterno no paraíso ou no inferno Não ressuscitou, porque não morreu Corão e Hadith. A Bíblia é aceita, mas considerada corrompida
Judaísmo Deus (o Eterno), através de Abraão, formou o povo escolhido O Eterno é o único Deus O Eterno, chamado de Jeová ou Iavé Simples judeu Obediência à Lei e aos Mandamentos Negam Tanach (o Velho Testamento), dividido em Lei, Profetas e Escritos
Umbanda Solução de problemas imediatos com a ajuda dos espíritos Zambi é único, onipotente, irrepresentável, adorado sob vários nomes Oxalá novo Prática de caridade material e espiritual como meio de evolução cármica Tradição oral
Candomblé Primeiro templo erguido na Bahia, na primeira metade do século XIX Dança religiosa de origem africana através da qual as pessoas homenageiam seus orixás Olodumarê, criador de todas as coisas, eterno e todo-poderoso Ao morrer o candomblecista vai para o Orum( nove céus sob o comando de Iansã) Tradição oral
Ateísmo A evolução é um fato científico, portanto ética e moral são relativas Não há Deus ou diabo, uma vez que não podem ser provados cientificamente Jesus foi um mero homem Não há vida após a morte Não há ressurreição, pois não existem milagres

® CPR - Centro de Pesquisas Religiosas – Direitos reservados
(Ao reproduzir, citar a fonte)

http://www.virtualand.net/cpr/tabela1.htm http://www.virtualand.net/cpr/tabela2.htm

 

O Conjunto Voz da Verdade e o Show do Fest-Gospel

em São José do Rio Preto - SP

O Conjunto Voz da Verdade fez "um show" no Fest-Gospel 2001 de SJ Rio Preto. Infelizmente esse "show" não foi no sentido qualitativo, mas pejorativo. O líder do Conjunto Carlos A. Moisés, no meio da apresentação, começou a desafiar os pastores presentes no recinto a provarem a ele que Deus tem sócio (se referindo à Trindade). Argumentou que quem acredita na possibilidade de Deus viver em sociedade crê na doutrina inventada pelo Papa. Além desses impropérios, o conjunto distribuiu um Cd onde faz apologia contra a doutrina da Trindade (E isso sem a autorização do Conselho de Pastores da Cidade). Quando um de nossos apologistas tentou conversar com o Líder do Grupo por e-mail e questioná-lo sobre suas declarações feitas no Fest-Gospel e sobre a Doutrina da Trindade, recebemos a seguinte resposta: "Primeiramente, eu gostaria de lhe informar que quem vos escreve é o mesmo que estava gritando no palco em São José do Rio Preto. Em segundo lugar, não estou nem um pouco preocupado... você e nada pra mim, é igual a NADA. Alguém , como você, que nega o nome de JESUS não é merecedor de minha apreciação. Se a tua igreja não cantar, MILHÕES de igrejas cantarão por todo o Brasil, por isso você não faz DIFERENÇA. O dia que você conseguir fazer com que as igrejas de todo o país parem de cantar nossos hinos, aí você será um vencedor. - Pastor Carlos A. Moysés".
Nenhum argumento teológico foi recebido da parte do nobre conjunto, mas somente afrontas infantis sem redundância alguma. Nenhuma de nossas apologias à favor da Trindade foi objetada pelo Sr. Carlos Moisés a não ser o que imprimimos acima. Isso é lamentável!
Sobre a questão "Unitarista" do referido conjunto, vamos fazer apenas algumas observações:
O ARGUMENTO UNICISTA - A doutrina unicista está baseada nas seguintes verdades bíblicas:   A primeira verdade bíblica é que há somente um Deus e a segunda é  que Jesus é Deus. Destas duas verdades, os Unicistas deduzem que Jesus Cristo é Deus em sua totalidade, sendo assim, Jesus tem que ser o Pai, o Filho e o Espírito Santo, rechaçando a doutrina da Trindade.
O ARGUMENTO TRINITÁRIO -   A Igreja, através dos séculos, sempre ensinou que dentro da unidade do único Deus existem três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo; e estes três compartilham da mesma natureza e atributos; então, com efeito, esses três são o único Deus. A teologia unicista ensina que Jesus Cristo é o Pai encarnado, e que o Espírito Santo é Jesus Cristo também. Estes ensinamentos são o pilar da teologia unicista. Vejamos se esta noção está em harmonia com as Escrituras.
É JESUS O PAI? - Isaías 9:6 – o "Pai Eterno"
Este versículo não ensina que Jesus é o Pai. O título "Pai eterno" refere-se ao fato de que Jesus é o Pai da eternidade; em outras palavras, Jesus sempre existiu (João 1:1); Ele não foi criado, não teve princípio (João 17:5). O termo "Pai" não era o título que se costumava usar para dirigir-se a Deus no Antigo Testamento. Assim, este versículo não ensina que Jesus é o "Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo" (1ª Pedro 1:3); em outras palavras, Jesus não é seu próprio Pai.
João 10:30 – "Eu e o Pai somos um".  Se Jesus tivesse querido dizer que ele é o Pai, teria dito: "Eu e o Pai sou um" ou "Eu sou o Pai", que seria a expressão gramatical correta. Jesus não pode ser acusado de ter sido um mal comunicador. "Somos" (gr. esmen), a primeira pessoa do plural. Jesus e o Pai são um em natureza e em essência, porque Jesus é Deus, como o Pai, mas não é o Pai.
É JESUS O ESPÍRITO SANTO?
Versículos que os Unicistas usam para provar que Jesus é o Espírito Santo:  2ª Coríntios 3:17 — "Ora, o Senhor é o Espírito e, onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade". O texto não diz que "Jesus é o Espírito". Se a passagem dissesse isto, talvez os Unicistas tivessem um ponto forte, mas como não diz isto, eles assumem que a palavra "Senhor" se refere a Jesus Cristo. O "Espírito" aqui é chamado de Senhor no sentido de identificá-lo com Javé (Nome que se refere a Trindade) ou Deus, e NÃO com Jesus, já que o versículo 16 diz: "Mas quando alguém se converte ao Senhor, o véu é retirado". Trata-se de uma referência a Êxodo 34:34: "Porém, vindo Moisés perante o SENHOR [Javé] para falar-lhe, removia o véu até sair; e, saindo, dizia aos filhos de Israel tudo o que lhe tinha sido ordenado". O contexto sempre é que determina a quem se está referindo quando a palavra "Senhor" é usada. No versículo 17 a palavra "Senhor" está referindo-se a Javé e não a Jesus, já que o versículo 16 e todo o contexto assim demonstra. Se os Unicistas estivessem sempre corretos ao interpretar "Senhor" como "Jesus", como ficaria Filipenses 2:11? O texto diz: "E toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai". Seguindo a linha de raciocínio dos Unicistas, teríamos de concluir erroneamente que: "E toda língua confesse que Jesus Cristo é o Jesus...". Isto não é o que este versículo está dizendo, mas o que está ensinando é que: "E toda língua confesse que Jesus Cristo é Deus. Porém, não Deus, o Pai, porque no mesmo versículo diz que isso será feito "para a glória de Deus Pai".
          Depois de termos visto que Jesus não é o Pai nem tampouco o Espírito Santo, podemos concluir de que os Unicistas têm um conceito equivocado da verdadeira natureza de Deus. Se Jesus não é o Pai, mas é Deus, e o Pai não é Jesus e é Deus, e o Espírito Santo não é Jesus e é Deus e a Bíblia diz que somente há um Deus, então isto significa que dentro da unidade do único Deus existem três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo; e estas três compartilham a mesma natureza e atributos; então, com efeito, estas três são o único Deus. Uma coisa é dizer "Eu não entendo a doutrina da Trindade" e outra coisa é dizer que "a doutrina da Trindade é falsa", "pagã", "diabólica", "antibíblica". A Bíblia faz uma advertência muito forte para esta classe de pessoas quando nos diz: "... Este é o anticristo: aquele que nega o Pai e o Filho".(1ª João 2:22) - "... e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo (I Jo. 1:3)".

Pr. João Flávio Martinez
Colaboração: Presb. Paulo Cristiano e Ricardo Becerra

Para ver mais sobre Seitas e Heresias entre em http://www.armazemnadia.com.br/henrique/SeitaseHeresias.htm

 

 


voltar